Monday, January 11, 2010

Cada um sabe de si, mas embrutecer é para mim um processo quase inevitável, a sensibilidade à beleza, ao sofrimento (sobretudo ao dos outros), um estado quase anti-natural. Alguns chutam heroína, outros vão à missa, eu para já para vou mandando Schubert para as veias e lá vou chorando de vez em quando.

2 comments:

Bernardo said...

Menina chorando com Scubert. Mas ao menos não é com Chopin.

Tatiana Rosa said...

Quem disse que Schubert abria a alma quem?